Orquídeas Raras, Suculentas e outras Plantas, Natureza no Orquidário Maylasky



Colabore com a Vaquinha http://vaka.me/1181658 para a construção do nosso Viveiro e Escola do Plantar em Casa seguindo nosso trabalho social ( Plantar em Casa Viveiro e Escola ) na Rua Romã , Sítio Alto do Sabiá, Bairro São João Novo – São Roque SP – Cep 18140116 / Juntos Somos Fortes, www.plantaremcasa.com Orquídeas Raras e diferenciadas, Suculentas e outras Plantas
Fazendo Mudas de Orquídeas, para Quem Gosta Orquidário Maylasky
Só Alegria, Sou Carlos Toquinho, não sou nenhum agrônomo mas sim um incentivador buscando através de vídeos ajudar a todos de forma voluntaria
Tirem suas duvidas no nosso grupo do Face enviando fotos e videos e sugestões para novos vídeos https://www.facebook.com/groups/plantaremcasacanalvariedades/

Nos acompanhe nas redes sociais face
https://www.facebook.com/canalvariedadesPeF/

Instagran
https://www.instagram.com/plantaremcasa_cv/

Site
www.plantaremcasa.com

Objetivo do Canal
Sou Carlos Alberto de Assis conhecido como Toquinho fundador e administrador do Canal Plantar em Casa por Hobby e não profissão com o simples e importante objetivo de levar a todos o conhecimento correto para o cultivo de plantas seja em casa ou produção com o intuito de através disso levar a todos uma oportunidade de melhor qualidade de vida através das plantas e da alegria do bom cultivo.

Todos os vídeos são gravados por mim voluntariamente e sem cobrança, nenhuma das pessoas nos videos pagou algo para serem gravados, aceito apoio caso alguem queira mandar produtos ou algo pode usar o e-mail ou o endereço
[email protected] na Rua Itaguaçu 98 – Jandira SP Cep 06620-263

ASSISTA TAMBÉM:  Orquídea rara em meio nativo ( BAUNILHA) ,e, ou Vanila

Grato a todos
Todas as Playlists https://bit.ly/2OGvTwy com temas específicos a seu gosto, curta e compartilhe os vídeos e deixe sugestões para novos temas e matérias

BREVIÁRIO DE UM ORQUIDÓFILO E QUALQUER OUTRA PLANTA;
Observações que podem servir atualmente…

1).- Não devo ter mais orquidáceas do que as que posso tratar bem.

2) – Devo tratá-las como entes vivos e procurar compreendê-las, o que talvez constitua a meta mais importante da orquidofilia.

3) – Não devo mudar nada numa planta que está sempre progredindo e melhorando: é uma planta satisfeita e qualquer mudança introduzida poderá prejudicar seu ritmo,

4) – Devo mexer o menos possível em minhas plantas, não as trocando de lugar todo o momento. Devo lembrar-me que elas, a custo, criaram um ambiente favorável e a ele se adaptaram, portanto não as devo perturbar.

5) – Devo ter cuidado com as doses dos inseticidas, porque poderá prejudicar minhas plantas.

ASSISTA TAMBÉM:  VENDA DE FRASCOS DE ORQUÍDEAS - CATTLEYA WALKERIANA ALBA

6) – O mesmo cuidado devo ter também com a adubação: não devo exigir que minhas plantas atinjam um desenvolvimento excepcional, por que elas se desenvolverão sempre dentro de certos límites.

7) – Devo passar todo tempo que puder com minhas plantas, a fim de conhecê-las melhor.

8) – Devo estudar e observar minhas plantas e não seguir palpites na cultura delas.

9) – Devo fazer tudo direito para me tornar um bom orquidófilo e cultivador.

10) – Devo tormar parte nas exposições mas não discutir julgamentos nem prêmios, porque o prêmio máximo é a prova de cooperação que dou, levando minhas plantas a elas.

11) – Devo visitar os orquidófilos amigos procurando sempre levar-lhes uma bonita orquídea ou uma muda de uma orquidácea, que lhes vão causar prazer.

12) – Devo olhar as plantas dos amigos, mas não dar nenhuma opinião sobre elas, a não ser que seja solicitado a fazê-lo. É próprio da vaidade humana julgar que o que se tem é o melhor.

13) – Devo dar minha opinião simplesmente, procurando termos que não firam a sucetibilidade de ninguêm. Devo lembrar-me que a orquidofilia é um meio de aproximação, de fazer amigos e não inimigos.

ASSISTA TAMBÉM:  Fotos de Orquídeas com nomes | Como cuidar de Orquídeas | Cultivar

14) – Nunca devo dizer que minha planta é melhor, embora, às vêzes, pense assim.

15.) – Devo, quando solicitado, dar os conselhos que me forem pedidos, bem claramente, procurando com eles orientar o orquidófilo novato, não me esquecendo de que já passei por este período.

16) – Não devo fazer segredo de nada que sei, por que devo ter sempre presente que, agindo de modo contrário, nada mais sou do que um egoísta.

Obs.: Este “Breviário” foi oferecido pelo orquidófilo Dr. Adolfo Souza Grota, aos Associados da Sociedade Bandeirante de Orquídeas, no final de uma palestra, em 21 de outubro de 1969.
Os videos serão enviados ao email [email protected]

Assistir no Youtube

Compartilhar

20 Comments

  1. a forma correta de se replantar uma orquidea não é quando acaba a floração e sim quando o broto novo aparece e começa a soltar as pontas das raizes ,na maior parte das orquidea é assim que funciona ,existem orquideas que quando começam a florecer já solta novas raizes ai é o momento correto para fazer o replante ,fazendo isso a planta sente menos e se desenvolve mais rapidamente ,então boa parte das espécies de orquideas vão florecer e depois de um tempo isso pode variar entre um mes a dois ou até três meses depois q vai começar a dar o broto e soltar raizes ou até mesmo soltar o broto e bem depois soltar as raizes é ai q se muda de vaso não quando o broto sair mais sim quando as raizes novas surgirem e tem outras q quando estão florecendo ao mesmo tempo elas começam a soltar as raizes ai é o momento certo para trocar de vaso pq isso significa q a planta esta em pleno desenvolvimento de suas raizes ,lembrando que sem raizes não há orquidea saudável ,então é fundamental olhar sempre o desenvolvimento das raizes e não simplesmente de brotos e ou florações ok ,espero ter ajudado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *